A sutil diferença entre a Mousseline e o Purê de Batatas

Oi gente, quem aí também ama batatas levanta a mão!!! Pois é, a batata é um alimento inserido na cultura culinária do mundo todo. Ela é muito versátil, e seu sabor neutro combina com quase tudo, o que nos leva a produzir uma infinidade de receitas. Confesso que amo uma batata frita, mas hoje já não como com tanta frequência. Aqui em casa fazer batata frita é coisa rara, primeiro porque tenho evitado comer fritura, segundo pela sujeira que faz na cozinha (vida de dona de casa que também trabalha fora não é fácil amiga).

Agora “falando” sobre o título do post, certamente você já passou por uma situação assim: foi em restaurante sofisticado e encontrou no menu a personagem principal deste post na forma de Mousseline, provavelmente acompanhada de um peixe ou com uma carne especial. Porém quando o prato chegou a sua mesa, não passava de um purezinho de batata fajuto. E você queria se arrancar os cabelos porque ter pago caro no prato, ou então comeu fazendo ares que estava arrasando, sem saber que te venderam gato por lebre.

Pois é minha gente a “gourmetização” da comida da nisso, ou neste caso a “gourmetização” do nome da comida.
 A Mousseline, é sim um purê de batatas, porém como o próprio nome já diz tem textura de mousse, ou seja, é leve e areada. A batata depois de cozida deve ser peneira, e batida com bastante manteiga e creme de leite, e aí sim poderá se chamada de Mousseline.

Mas a receita de hoje, é de purê de batatas mesmo, daqueles que agente amassa a batata com garfo e não se preocupa com um pedacinho o outro de batatas que sobrou, pois o sabor é muito especial. Vem ver!

Ingredientes:
4 batatas pequenas ou 2 batatas grandes
2 dentes de alho
1/3 de xícara de leite fervendo
1 colher de sopa de manteiga (seja generoso (a):))
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 gema de ovo
Noz-moscada, sal e pimenta a gosto
Amêndoas tostadas
Folha de alumínio

Modo de Preparo:
1. Separe todos os ingredientes e preaqueça seu forno em temperatura alta (250°C).
2. Fure as batatas em todos os lados com o garfo e aperte cada dente de alho com uma faca sobre a pia, para que soltem a casca (mas não as retire).
3. Com a folha de alumínio, embale cada batata com um dente de alho e uma folha de louro.
4. Leve ao forno para assar até que as batatas estejam macias, quando espetadas com o garfo. No meu forno leva cerca de 1 hora.
5. Assim que as batas estiverem bem assadas, retire-as do forno abra com cuidado  o alumínio, e deixe esfriar um pouco. Descasque as batatas, e o alho. Descarte as folhas de louro.
6. Amasse e misture as batatas e o alho.
7. Acrescente o leite fervendo, a manteiga e o queijo parmesão, e misture bem.
8. Adicione a gema de ovo, a noz-moscada, e o sal. Prove, e corrija o sal se for necessário. (Lembre-se que o queijo parmesão já é salgado).
9. Finalize com amêndoas tostadas.

*** Dicas ***
– Esse purê fica uma delícia servido com o Molho a Bolonhesa que e ensinei aqui outro dia. Ou como base para Escondidinhos.
– Neste dia usei a batata inglesa, mas gosto bastante daquela batata de casca rosada – Asterix.
– Se você estiver com pressa, pode cozinhar as batatas descascadas em água, com alho e louro. Quando eu vou fazer esse purê durante a semana coloco as batas pra assar, logo que eu chego do trabalho. Assim na hora do jantar fica mais rápido de fazer purê.
– Você pode substituir a manteiga por: requeijão, creme de leite ou cream cheese.
– Se você não tiver amêndoas em casa, polvilhe mais parmesão sobre o purê leve ao forno uns minutinhos para dourar.

Espero que tenham gostado!

Deixe uma resposta