Como potencializar seu molho branco

Hoje o post não é só de receita, é na verdade um post para compartilharmos DICAS. Porque a receita em questão, é simples e praticada por muita gente. Eu estou ”falando” do popular Molho Branco.
Antes de mais nada vamos entender porque algumas pessoas chamam o Molho Branco de Molho Bechamel. Bom, o Molho Branco é na verdade a versão brasileira do Molho Bechamel, que tem origem Francesa, assim como a rabanada que é a versão brasileira das “French Toasts”.
Os dois molhos começam com o roux, que é uma base de farinha cozida na manteiga. Mas ao acrescentar o leite começam as diferenças. Aqui no Brasil nós normalmente aromatizamos o molho com noz-moscada. Mas a maioria dos franceses temperam o molho com cebola, cravo e louro. O modo de fazer varia tanto aqui como lá. Uns colocam leite frio, outros colocam leite quente. Eu particularmente acho que a temperatura do leite não influencia no resultado final, a não ser que você queria fazer uma infusão de ervas e temperos antes de fazer o molho.

Vamos as dicas:

** Os ingredientes:
Dica 1: Bom nem preciso dizer que deve-se usar manteiga em vez de margarina não é mesmo? (#defensoradamanteigaassumida)
Dica 2: Usa-se a mesma quantidade de manteiga e farinha.
Dica 3: Com leite integral o molho fica mais saboroso, mas como leite semidesnatado também de certo.
Dica 4: Quantos as ervas e especiarias, você pode fazer como os franceses e usar, cebola, louro e cravo. Ou somente noz-moscada como a maioria dos brasileiros. Eu gosto variar entre:  raspas de limão siciliano, pimenta caiena, pimenta do reino branca, parmesão, tomilho e sálvia. As vezes finalizo com uma colher generosa de cream-cheese ou requeijão. A escolha dos ingredientes que irão aromatizar o molho, variam de acordo com os ingredientes do prato que o molho vai acompanhar. E vocês certamente verão essas variações aqui no blog.

** O cozimento:
Dica 1: A primeira etapa que é o roux, deve ser cozida por pelo menos 2 minutos em fogo baixo. Se você não cozinhar bem o seu molho ficará e com gosto em excessivo de farinha.
Dica 2: coloque o leite aos poucos sem para de mexer, para não empelotar. Nesta etapa eu acho indispensável o uso do fouet. Mas caso seu molho empelote, não se desespere bata no liquidificador ou diretamente na panela com o mixer.
Dica 3: A consistência do molho branco deve variar de acordo com o uso que você dará a ele. Para receitas que ainda irão ao forno, como massas ou legumes gratinados, ele poderá ter um pouco mais de leite para ficar menos encorpado já que o tempo de forno fará evaporar parte do líquido tornando-o mais grosso.

** O armazenamento: 
Dica 1: Para evitar que se forme uma “nata” sobre o molho, você pode colocar um filme plástico rente a superfície do molho, ou um pedaço de manteiga no molho ainda quente.
Dica 2: Pode-se guardar na geladeira de um dia para o outro e um recipiente bem fechado.
Dica 3: Para congelar, basta dividir o molho em porções suficientes para sua família, para isso você pode usar recipientes de vidro, plástico e até saquinhos do tipo ziplock. O importante é deixar pelo menos 2 dedos de espaço entre a comida e tampa. Pois as moléculas dos alimentos inflam quando são congeladas e o molho se expande. Para descongelar coloque o molho branco em uma panela e leve a fogo baixo, conforme o molho for descongelando vá misturando com um fouet, se for necessário acrescente mais leite, para chegar a consistência ideal.

Rendimento: 1/2 litro
Tempo médio de preparo: 20 minutos

Ingredientes:
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de farinha de trigo branca
1/2 litro de leite integral
1/2 cebola
1 cravo
1 folha de louro
Noz-moscada, sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo: 
1. Separe todos os ingrediente, uma panela de fundo grosso (preferencialmente) e uma colher de madeira e fouet.
2. Leve a panela em fogo baixo, e derreta a manteiga. Junte a farinha e mexa vigorosamente com a colher de pau, por cerca de 2 minutos, até obter um creme liso.
3. Retire a panela do fogo, e acrescente 1/2 xícara de leite e mexa com o fouet até que tudo se dissolva.
4. Volte a panela ao fogo, e acrescente o restante do leite aos poucos sem parar de mexer.
5. Prenda a folha de louro na cebola com o cravo, e acrescente ao molho. Deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando.
6. Tempere seu molho com sal, pimenta, e noz-moscada. Prove e verifique se a consistência esta correta. Se estiver tudo certo é só desligar o fogo e se deliciar.

Um Molho Branco bem feito com um bom Molho a Bolonhesa rende uma deliciosa Lasanha, que eu te ensino aqui.

Deixe uma resposta