Molho Bolonhesa, uma receita pra salvar sua vida corrida

Molho Bolonhesa
Eu amo cozinhar, mas tem dias que assim como você, eu só quero chegar em casa e descasar. Nestes dias a comida congelada salva minha vida.

No entanto eu não estou falado de comida congelada comprada pronta, cheia de conservantes, corantes, e sei lá quantas coisas mais. Eu estou falando daquele prato que você faz uma porção grande no dia que esta com tempo e congela para salvar o jantar nos dias corridos.

O Molho Bolonhesa é um desses pratos, ou Ragù alla Bolognese, como chamam os Italianos. O termo Ragù é utilizado para nomear qualquer molho a base de carne, com um tempo longo de cozimento. Este prato foi criado na região da Bolonha, na Itália, e por isso leva esse nome.

Confesso que a minha receita é meio “abrasileirada”, mas mesmo assim muito especial.

Rendimento: 10 porções
Tempo médio de preparo: Aproximadamente 3 horas

Ingredientes:
1 kg de carne moída fresca (uso patinho, mas pode ser coxão mole, ou outra carne que preferir)
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga
1 xícara de cebola picada
3 dentes de alho picados
1 xícara de cenoura picada
1 xícara de talos de salsão picados
1 pimenta dedo de moça
1 folha de louro
1 xícara de leite em temperatura ambiente
1/2 xícara de vinho branco seco em temperatura ambiente
1 xícara de tomates frescos picados com 1/2 xícara de molho de tomate ou
1 lata de tomate pelado com líquido
Noz-moscada ralada na hora
Sal e pimenta a gosto
1/2 xícara de cheiro verde picado

Modo de Preparo:
1. Esta é uma receita de origem Italiana, mas vamos começar com uma técnica francesa o “Mise en place”, que significa “colocar no lugar” ou seja vamos lavar, separar e picar, todos os ingredientes, antes de iniciar o molho. Coloque uma chaleira com água pra ferver.
2. O Ragu, inicia normalmente com o que os Italianos chamam de “soffritto”. Em uma panela média, junte o azeite e a manteiga. Leve ao fogo médio e, quando aquecer, refogue a cebola, mexendo sempre. Adicione uma pitada de sal, e deixe a cebola refogar até ficar transparente. Adicione o alho, a cenoura, o salsão e a pimenta dedo de moça e refogue por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando. Se formar um crostinha dourada no fundo da sua panela, não se preocupe, isso dará muito sabor ao molho.
3. Aumente o fogo e acrescente a carne moída e misture com um garfo para soltar a carne. Tempere novamente com sal, experimente e refogue até que a carne perca a cor rosada.
4. Junte o leite e mexa até evaporar completamente. Tempere com noz-moscada ralada na hora, a gosto.
5. Adicione o vinho e deixe cozinhar até evaporar todo o álcool, mexendo sempre.
6. Baixe o fogo, junte o louro, os tomates e o molho de tomate e deixe cozinhar por pelo menos 1:30 (se você estiver com tempo cozinhe por 2 horas), com a tampa entreaberta, mexendo de vez em quando. Durante todo o cozimento, deixe uma chaleira com água quente por perto. De tempos em tempos, adicione um pouco de água para o molho não secar. Não precisar deixar o seu molho parecendo sopa viu!
7. Prove seu molho, veja se precisa corrigir o sal ou pimenta. Se tudo estiver bom, acrescente a salsicha picada e desligue o fogo.

***Dicas***
– Esse molho, junto com um bom molho branco, pode virar uma bela lasanha a bolonhesa. Vai bem com purê de qualquer tipo de batata, com mandioca, com polenta, com macarrão, como recheio de panquecas e até com pão.
– Retire as sementes da pimenta dedo de moça, caso prefira um molho menos picante.
– Para congelar o molho bolonhesa, basta dividir o molho em porções suficientes para sua família, para isso você pode usar recipientes de vidro, plástico e até saquinhos do tipo ziplock. O importante é deixar pelo menos 2 dedos de espaço entre a comida e tampa. Pois as moléculas dos alimentos inflam quando são congeladas e o molho se expande.
– No congelador o molho tem validade de até 3 meses. Na hora de descongelar, retire do freezer e deixe em temperatura ambiente até derreter o gelo, ou utilize o microondas.
– Lembre-se também de diminuir um pouco a quantidade de sal e pimenta durante a preparação, pois com o congelamento o gosto dos temperos se acentuam.
– Outra dica importante, o vinho branco pode ser substituído por vinho tinto, desde que seja seco. Outro tipo de vinho deixará o seu molho doce.

Aqui no blog já ensinamos um molho de tomates caseiro, que também é uma ótima opção para ter no congelador – veja aqui.

Esse molho bolonhesa, junto com molho branco, fazem da lasanha de domingo uma uma perfeição.

Para a receita do molho branco, clique aqui. 

Para a montagem da lasanha, clique aqui.

Deixe uma resposta