Risoto Primavera

Confesso que pensei bastante antes de publicar essa receita no blog. Afinal tem tanta receita de risoto pela internet a fora. Então resolvi te ensinar não só uma receita, mas fiz um post com 10 passos para um risoto perfeito (clique aqui).

Esse Risoto Primavera, além de ser lindo é ótimo como acompanhamento para uma carne grelhada ou peixe. Eu queria servi-lo sobre umas fatias de presunto parma ou serrano, mas não encontrei aqui perto da minha casa.

Muitas pessoas acham o preparo do risoto difícil, mas pra mim é só um prato que precisa de atenção e organização. Por isso tente deixar tudo preparado anteriormente. Isso inclui: os legumes para o caldo, o “recheio”, o queijo já ralado, os acompanhamentos preparados e até a mesa organizada. Isso porque o risoto não pode ficar “parado” na panela. Assim que finalizar, sirva imediatamente.

Rendimento: 4 porções
Tempo médio de preparo: 30 minutos

Ingredientes: 
6 xícaras de caldo de legumes
1 xícara de arroz arbóreo ou carnaroli
3 colheres de sopa de manteiga sem sal
Azeite ou óleo
1 cebola pequena
1/3 de xícara de alho porró fatiado
1/2 xícara de ervilhas (usei congeladas)
300 gramas de aspargos frescos
1/2 xícara de abobrinha picada
1/2 xícara de cenoura picada
1/2 de xícara de vinho branco seco
1/2 xícara de parmesão ralado na hora
Raspas de ½ limão siciliano
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
1. Separe todos os ingredientes, lave e seque os legumes.
2. Corte a ponta dos aspargos. Reserve. Descarte a parte mais dura do talo e corte o restante em rodelas. Reserve.
3. Pique/ rale os outros legumes e ingredientes. Reserve.
4. Coloque o caldo para ferver, e mantenha-o aquecido em fogo baixo.
5. Em uma panela de fundo grosso, derreta 1 colher de sopa de manteiga com um fio azeite de oliva e refogue em fogo médio/alto a cebola e o alho porró até que fiquem translúcidos. Adicione a cenoura, e cozinhe até murchar. Só então adicione os aspargos e a abobrinha.
6. Junte o arroz e refogue por mais dois minutos, mexendo para que todos os grãos sejam envolvidos na manteiga.
7. Adicione o vinho e mexa constantemente, até que todo vinho evapore. Note que o amido começa a ser liberado, formando um caldo meio leitoso.
8. Abaixe o fogo e adicione duas conchas do caldo. Mexa vagarosamente, para que todos os grãos fiquem submersos no caldo. Assim que o caldo começar a secar, adicione mais uma concha e mexa novamente. Repita este processo até que seu risoto esteja cozido.
9. Antes do 10 últimos minutos de cozimento ou quando ainda tiver ¼ de caldo sobrando. Adicione as ervilhas.
10. O risoto, leva de 15-20 minutos para cozinhar. Então antes de colocar a última concha de caldo, prove, coloque o sal e a pimenta. Se o arroz estiver macio, mas resistente a mordia no centro, ele estará bom.
11. Então desligue o fogo, adicione a manteiga restante e o queijo e misture bem. Polvilhe com as raspas de limão, decore com as pontas dos aspargos e sirva o risoto imediatamente.

*** Dicas ***
– Prefira as ervilhas frescas ou congeladas, ao invés das enlatadas.
– Algumas pessoas gostam de descascar os aspargos. Mas se eles estivem bem fresquinhos não vejo necessidade.
– Os aspargos podem ser adicionados no risoto somente no fim do processo, se você utilizar a técnica de branqueamento ou salteá-los na manteiga separadamente.
– Eu usei pimenta dedo de moça, adicionei ao refogado.

Depois volte aqui pra me contar como ficou o seu risoto.

Deixe uma resposta